domingo, 16 de março de 2014

MARIA BETHANIA - JEITO ESTUPIDO DE TE AMAR

1 comentário:

  1. Embora pareça assim "jeitos estúpidos de amar"... Penso que há tanta forma de amar, de lá chegar, de sentir essa vibração, essa chamada, esse desejo que se tem pelos outros/as, que seja ela qual for, pode parecer estúpida aos olhos de outros, mesmo até por nós em interrogações que nos possamos fazer.... penso que amar seja de que maneira for e com quem quer que seja é um sentimento tão íntimo, que só a nós diz respeito... o amar é estar em amor e se for "estúpido o nosso geito de amar" que se lixe, o que interesa é estar em amor e amar, o resto não faz sentido de ser ou não... "estúpida a maneira de amar".

    ResponderEliminar